Leucemia, a doença branca: a morte como afirmação existencial
Compartilhe

Leucemia, a doença branca: a morte como afirmação existencial

SKU 1097271969
Ler descrição completa
R$ 55,00
1 x de R$ 55,00 sem juros

1 x sem juros de R$ 55,00

R$ 55,00
Quantidade

Produto Indisponível

Avise-me quando chegar

Compre junto
Descrição do Produto
"
Editora Casa do Psicólogo

Ano de publicação: 2010

1ª Edição

Autor: MARIA DE FÁTIMA SIQUEIRA DE MADUREIRA MARQUES

ISBN: 978-85-62553-00-4

212 páginas

 

 

A narrativa de vida de um ser humano dá sentido ao seu adoecimento e à sua morte. Pois, como diria Groddeck, “morrer não é algo alheio à vida, mas é parte integrante dela”. Só adoecemos e morremos porque vivemos. E morremos como vivemos: talvez seja esta a nossa única e inequívoca certeza.

Parte I – Introdução; Capítulos: 1. De onde fala?; 2. Psicanálise e narrativa; 3. A história de uma herança; Parte II – A narrativa de uma vida – A vida de uma narrativa; Capítulos: 4. Uma morte anunciada; 5. Herança e adoecimento; 6. O positivo do negativo; 7. Herança e laços de sangue; Parte III – Adoecimento: psicanálise e medicina; Capítulos: 8. O silêncio da medicina; 9. Psicanálise e medicina; 10. O adoecimento de Ares; 11. A herança de Ares: pedra fundamental ou tumular?; Parte IV – O que a psicanálise tem a dizer; Capítulos: 12. Normopatia e dor; 13. Normopatia e pensamento operatório; 14. Georg Groddeck e o simbólico do Isso; Parte V – O trabalho do negativo; Capítulos: 15. John Keats e a capacidade negativa; 16. A coerência do negativo.

"

Produtos Relacionados

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca