Quando os médicos (des)cansam: Trabalho e lazer na vida de um grupo de médicos

Disponibilidade: Em estoque

R$ 63,25

Descrição do Produto

Editora Casa do Psicólogo
Ano de publicação: 2013
1ª Edição
Autor: Eduardo Goldenstein
ISBN: 978-85-8040-207-0
Paginas: 208
 
 
Quando os médicos (des)cansam. Para muitos uma surpresa, talvez algo irreal, uma realidade inexistente. Medicina é um sacerdócio, está associada a muito trabalho, muita dedicação, sem hora para começar ou terminar. Esse é o pensamento incutido não só na cabeça dos leigos, mas também dos próprios médicos. Médi¬co dá plantão, emenda dia com noite e noite com dia. Entretanto, médico tem necessidades inerentes a qualquer ser humano, precisa dormir, descansar, curtir a família, ter uma vida social e sexual, precisa sair, se divertir. Ou até não fazer nada. Médico precisa de lazer. Sem isso, é impossível a ele “compreender” o adoecimento, o sofrer, o reestruturar-se no pós-doença. 
A partir dessas ideias, conjugadas com as ideias críticas de Heidegger a respeito da dependência do homem a uma tecnolo¬gia cada vez mais presente na vida atual, elaboramos uma pesquisa para “ouvir” os médicos. A todos surpreendemos com uma questão simples: o que cada um deles pensava a respeito do seu lazer, quer ele se realizasse, quer não. Foram horas de entrevistas, um deleite para os ouvidos que agora queremos dividir com você, leitor. Este livro tem o propósito de mostrar o lado humano que habita cada um desses médicos, escolhidos ao acaso, dignos, maravilhosos, mas quase sempre invisíveis.

Detalhes

Cap.1 Profissão: Médico; Cap.2 O lazer na atualidade; Cap.3  A concepção de um mundo de Heidegger; Cap.4 Método; Cap.5 Análise; Cap.6 Discussão; Cap.7 Conclusões.

Informação Adicional

EditoraCasa do Psicólogo
ISBN9788580402070

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.